Buscar
  • Instituto Phases

Psicoterapia Familiar

Você conhece a Terapia de Família? Na própria área da psicologia a Terapia familiar ainda é pouco difundida, mas a técnica pode trazer ganhos incríveis para seus membros! A Psicóloga Anne Prado da Equipe Phases é especialista em Terapia de Casal e Família e explica aqui como funciona esse tratamento ainda pouco procurado!

A Família é o primeiro grupo, primeira forma de socialização do ser humano. Na família temos as primeiras ideias do que vamos enfrentar lá fora, são na família construídos valores, regras e crenças.


A vida familiar é diferenciada por fatores sociais, religiosos, culturais e afetivos, mas sua estrutura é fundamental no desenvolvimento do ser humano. A família é composta por pessoas que possuem uma relação emotiva, tendo ou não ligação biológica entre si, formando o primeiro grupo do qual o indivíduo fará parte em sua vida.


Relações pessoais são difíceis de serem conquistadas e mantidas, na família temos a ideia de que isso ocorre de maneira diferente, existe aquela obrigatoriedade de amar, se dar bem e manter a relação com nossos parentes, mas na prática não é tão simples assim!


Mesmo dentro da própria família existem desentendimentos, amores diferentes, relações construídas e mantidas e é importante levar isso em consideração! Até porque a família foi construída por duas pessoas incialmente de famílias distintas, com valores e educação muito diferentes!


Começando com um casal discutindo sobre a educação de um filho, podemos observar quanto é necessário diálogo, entendimento, flexibilidade entre outros aspectos para que exista uma convivência saudável!


Quando procurar uma Terapia Familiar?


Diversos fatores podem levar uma família (ou um de seus integrantes) a buscar a ajuda de um profissional. Normalmente há essa necessidade quando acontece um evento preocupante ou quando não é possível ter uma relação harmoniosa em casa.


A Família por ser uma estrutura muitas vezes bem “fechada” faz com que os integrantes entendam que precisam lidar com todos os seus problemas sozinhos, isso faz com que tardem muito a procurar esse auxílio e, muitas vezes, a situação já está fora de controle, provocando um sofrimento muito grande a todos.


Além da dificuldade nas relações, outro motivo para a realização da terapia familiar é quando há um membro passando por algum transtorno, como depressão, dependência química ou alcoolismo, ou qualquer tipo de situação que pode desestabilizar toda família. Esses problemas podem interferir muito na estrutura familiar e a psicoterapia em família pode ser de grande ajuda.


A família pode contribuir fortemente tanto para o surgimento como para o tratamento de um transtorno em um dos membros. E muitas vezes esse fica sendo o “responsável” por a família buscar ajuda. Esse integrante acaba chegando na terapia como o “problema” mas ao decorrer das sessões é nítido de que não é o único com problemas.


Independente do motivo, é fundamental que os familiares estejam conscientes de que necessitam de ajuda para enfrentarem seus problemas e, principalmente, estarem abertos às mudanças propostas.


Como funciona a terapia familiar?


O que se pretende com a atendimento psicoterapêutico familiar é auxiliar na resolução dos problemas, analisando a relação entre os componentes da família, os papéis desempenhados por estes, a contribuição de cada um nos conflitos que marcam a convivência. A terapia familiar parte do pressuposto de que a família é um sistema e, com isso, a mudança que acontece em um de seus membros interfere no todo.


Dessa maneira os atendimentos são sempre realizados com o grupo familiar todo, e foco não é “tratar” cada integrante, mas sim a relação entre eles!


Sendo assim, o papel do Psicoterapeuta Familiar é facilitar esse diálogo entre os integrantes, sempre com o olhar para as relações e não para cada individuo. O terapeuta é da família, do grupo, atento às relações existentes e como estas afetam cada um, explanando conflitos existentes, trabalhando questões incompreendidas pelo grupo.


Durante o processo terapêutico são levantados os problemas visíveis pela família, mas também podem ser percebidos alguns problemas mascarados e de grande importância para a resolução dos conflitos.


Não há um prazo determinado para a finalização da terapia, tudo dependerá do que se pretende solucionar e do andamento das sessões.


Deve-se ter em conta que cada um é responsável por essa melhoria e que o sucesso do processo terapêutico apenas se dará com a adesão de todos os envolvidos.


Se você ficou com alguma dúvida ou acredita que este processo pode ajudar você e sua família, marque uma conversa com a psicóloga Anne Prado e verifique se esse é o momento de você buscar esse apoio!


#Phases #terapia #familia #familiar #relacionamento #psicologia #saude #bemestar #saudeintegrada #diferentepravc #instituto #casal #filhos #problema

20 visualizações
  • Sem Título-1
  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Instagram Branco
MENSSAGER.png
11 2977- 4104 /11 95050-8695
contato@institutophases.com

 

Segunda à Sexta - 8:00 às 21:00
 Sábado - 8:00 às 17:00


 

R. Voluntários da Pátria, 2736 - Santana - São Paulo- SP