Buscar
  • Instituto Phases

A importância da Drenagem Linfática no pós- operatório

Confira a matéria do site Plástica do Sonho e saiba como e porque a drenagem linfática no pós-operatório é essencial para conquistar melhores resultados e acelerar a sua recuperação ! Nossa esteticista Satoe Myioshi conta sobre sua experiência nesses casos!

Para você alcançar os resultados desejados com um procedimento estético é essencial seguir à risca alguns cuidados no período depois da cirurgia. E é neste momento que percebemos a importância da drenagem linfática no pós-operatório.Isto porque, além do repouso, da atenção com a alimentação e do uso de remédios recomendados pelo especialista, a drenagem do pós-operatório tem um papel fundamental para manutenção e uma melhor percepção dos resultados.Quando uma paciente realiza este tipo de procedimento na fase de pós-operatório, os resultados da cirurgia podem ser potencializados e até acelerados.Para você ter uma ideia, a drenagem linfática no pós-operatório representa até 30 % no resultado de determinadas cirurgias plásticas. Por isso, é tão importante saber o que significa drenagem linfática.

Qual a importância da drenagem linfática no pós-operatório? 

Apesar de ser um procedimento amplamente divulgado e oferecido em clínicas de estética, várias pessoas não sabem ao certo o que é, como é feita e qual a importância da drenagem linfática no pós-operatório.Muitas mulheres, ficam extremamente empolgadas com a sua cirurgia e acreditam que sairão da sala de operação em perfeitas condições, com 100% do resultado atingido.Mas não é bem assim. A cirurgia plástica faz parte de um processo, que exige também um pré e um pós-operatório realizados com responsabilidade e segurança.

Mas, afinal, o que é e para que serve a drenagem linfática? 

Resumidamente, podemos dizer que se trata de um tipo de massagem que auxilia a eliminar o excesso de líquidos e toxinas do organismo por meio do sistema linfático. No final, esse líquido, também conhecido como linfa, é eliminado por meio da urina.Isso é muito importante porque o ato cirúrgico causa lesões ao corpo, como a destruição de vasos e nervos. Há ainda o dispersamento de líquidos do interior das células para a camada abaixo da pele. Essa ação promove hematomas, edemas, dor e diminuição da sensibilidade cutânea.A drenagem linfática pode ser realizada por profissionais, usando as mãos ou aparelhos específicos para esta finalidade.Ela é indicada para quem tem problemas com celulite, inchaço, linfedema… E, como já antecipamos, para quem passa por determinados tipos de procedimentos cirúrgicos.Porém, vale ressaltar que, para o pós-operatório de uma cirurgia plástica, o mais indicado por especialistas é a Drenagem Linfática Manual.A drenagem, normalmente, é iniciada três dias após a cirurgia e, em média, são feitas no mínimo 10 sessões. A data certa para começar e a quantidade de vezes que você precisa fazer são indicadas pelo seu cirurgião plástico.

Os benefícios da drenagem no pós-operatório 

Dependendo do procedimento cirúrgico que você faz, é normal que após a operação o organismo retenha líquidos em uma quantidade maior do que a que o corpo consegue drenar naturalmente.Por isso, para diminuir o inchaço pós-cirúrgico e ter uma recuperação mais rápida e natural, a drenagem linfática é superindicada.Graças aos movimentos circulares e a pressão usada neste tipo de massagem, consegue-se:Melhorar o fluxo sanguíneo, diminuir a retenção de líquidos, aliviar as dores, acelerar a cicatrização, reduzir fibroses, eliminar marcas e hematomas, nutrir as células.O procedimento é indicado para a recuperação de inúmeras cirurgias. Mas entre as mais comuns está a: drenagem linfática pós-abdominoplastia e a pós-lipoaspiração.Isso porque ela ativa a circulação celular, movimentando placas que podem ficar paradas na região do abdômen, desinchando e evitando a deformidade na região.Graças aos seus benefícios é comum os médicos indicarem a drenagem linfática da mama. Por exemplo, para a Mamoplastia e a colocação de Prótese de Mama.

Como fazer a drenagem pós-cirúrgica? 

A drenagem linfática deve ser aplicada em todo o corpo. Mas com principal atenção na área onde a cirurgia plástica foi feita.Além disso, é importante ressaltar que este é um procedimento altamente especializado. Por isso não deve ser feito com alguém sem experiência em drenagem de pós-operatório.Isto porque exige mais  atenção do profissional. Ele deve saber exatamente os pontos a serem tocados, a forma e a pressão dos movimentos.  Cuidados necessários para não prejudicar a sua recuperação.As pressões, por exemplo, que seguem o trajeto do sistema linfático, devem ser realizadas de forma suave, lenta e não contínua. A Esteticista e Massoterapeuta, Satoe Miyoshi, do Instituto Phases, afirma:A drenagem linfática manual no pós cirúrgico é recomendada para acelerar o processo de recuperação da pele após intervenção cirúrgica, onde a derme – camada mais profunda da pele – sofreu traumas decorrentes da manipulação no ato do processo cirúrgico.Para entendermos os benefícios da drenagem linfática pós –cirúrgico, devemos conhecer a derme, que é a camada mais profunda da pele, onde se localizam todas as estruturas que dão sustentação à pele, como as fibras de colágeno e elastina e tecido conjuntivo. Cuide-se antes e depois de qualquer cirurgia! Sua recuperação é muito importante, por isso, sempre procure lugares e profissionais qualificados! Comente, mande suas dúvidas, compartilhe!#drenagemlinfatica #poscirurgico #posoperatorio #esteticista #estetica #saude #saudeintegrada #cuidado #autocuidado #massagem #massagemestetica #drenagemmanual #massoterapeuta #massoterapia #fisioterapia #fisio #dermatofuncional #cirurgiaplastica

847 visualizações
  • Sem Título-1
  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Instagram Branco
MENSSAGER.png
11 2977- 4104 /11 95050-8695
contato@institutophases.com

 

Segunda à Sexta - 8:00 às 21:00
 Sábado - 8:00 às 17:00


 

R. Voluntários da Pátria, 2736 - Santana - São Paulo- SP